Corretores: +55 11 2649-4185 • Seguradoras: +55 11 5081-3714 • Regulação de Sinistro: 0800-400-3333 contato@sungod.com.br

Famílias atingidas pela UHE Tucuruí começam a receber indenização

Usina_de_TucuruíAs famílias atingidas pela construção da Usina Hidrelétrica de Tucuruí (UHE Tucuruí) começaram a receber as indenizações, desde a última terça-feira (20). O acordo entre a Associação das Populações Organizadas Vítimas das Obras no Tio Tocantins e Adjacências (APOVO) e a Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. (Eletronorte) foi oficializado durante audiência no dia 11 de agosto, em Tucuruí, sudeste do Pará.

Cada uma das 2.343 famílias recebem R$ 5.088,00. A entrega dos alvarás de liberação do valor acordado e a habilitação das famílias que receberão a indenização segue até dezembro deste ano. O valor total do acordo é de R$ 12.123.314,60.

Entenda o caso
Em 30 de novembro de 2004, a Eletronorte criou o Programa Social para os Expropriados de Tucuruí (PROSET), que surgiu em atendimento às recorrentes reivindicações que ocorreram no início da década de 1980, feitas pelos expropriados da 1ª etapa da UHE Tucuruí, oriundos das cidades de Novo Repartimento, Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Itupiranga e Nova Ipixuna.

O programa destinava o montante de R$ 39.900.000,00 a sua execução, mas a Eletronorte gatou R$ 23.046.021,10. Assim, deixaram de ser investidos R$ 16.853.978,90 do valor inicialmente previsto para o PROSET, sem que fossem apresentadas justificativas plausíveis para tal ato.

Fonte: G1

FacebookTwitterGoogle+PinterestLinkedInCompartilhar